Domingo, 23 de Janeiro de 2022
Brasil FENÔMENO

Meteoro gigante é visto nos céus do interior de Minas Gerais e assusta moradores com estrondo e tremor de terra; veja vídeo

Moradores relataram ter visto clarão; câmeras de segurança registraram o momento em que o bólido gigante explodia na atmosfera

15/01/2022 às 10h59
Por: Portal DNN Fonte: ClickPB / O Globo
Compartilhe:
Registro de meteoro no céu de Patos de Minas. (Foto: Reprodução)
Registro de meteoro no céu de Patos de Minas. (Foto: Reprodução)

RIO - Um meteoro foi visto nos céus do interior de Minas Gerais na noite desta sexta-feira. O fenômeno foi confirmado pela Rede Brasileira de Observação de Meteoros (Bramon), que compartilhou vídeos em suas redes sociais. As imagens foram divulgadas pelo Observatório IDS.

"O clarão foi intenso, recebemos relatos de várias pessoas da região, inclusive algumas pessoas de Uberlândia relataram ter ouvido um estrondo", informou o Observatório IDS.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Observatorio IDS (@observatorioids)

Moradores de Patos de Minas, Patrocínio, Perdizes, Santa Juliana e Pedrinópolis, todas em Minas Gerais, também afirmaram ter visto o fenômeno.

"Estamos trabalhando para saber se há chances de meteoritos terem atingido o solo. Caso alguem ache alguma pedra suspeita poderá entrar em contato que verificamos se pode se tratar de um meteorito gerado durante a queda. Essas pedras geralmente tem uma coloração preta queimado", acrescentou o IDS.

De acordo com o IDS, o que foi visto no céu mineiro foi um bólido gigante. Trata-se da "luz emitida por um grande meteoroide ou asteroide ao explodir na atmosfera", segundo a definição do Museu de Ciências e Tecnologia da PUC-RS. "Um bólido é caracterizado como um meteoro de magnitude aparente igual a -14 ou maior", explica o museu.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias